Fio de Ariadne

CATEURA

O que tem Cateura de especial e diferente além das condições precárias de vida? Do esgoto a céu aberto? Das pragas que proliferam no seu meio? Da desesperança instalada nas pessoas que alí vivem? Da falta de perspectivas de seus habitantes?…

Cateura, o maior lixão de Assuncion, capital do Paraguai, traz para as pessoas que vivem no seu entorno e só dele tiram seus meios de vida, uma verdade tão cruel e desumana como em qualquer outro lixão a céu aberto no mundo.

Mas, o exemplo de Cateura nos traz uma lição através da Orquestra Reciclada. A Orquestra, composta por crianças, nos ensina sobre a jornada humana com suas dificuldades e conquistas, juntamente com as responsabilidades sociais enquanto grupo. Com todas os problemas vividos no dia a dia, há esperança no ser humano que consegue enxergar além do que vê, naquele que consegue perceber o potencial de cada um em aprender e transformar a vida.

Despretensiosamente, Cateura e seus habitantes nos trazem o exemplo da chance de sairmos do limbo humano, que podemos ser muito mais do que somos.

No próximo dia 03/05 – sexta feira, a partir das 19:30 exibiremos o Documentário A Orquestra Reciclada. Venha participar você também, e juntos vamos debater e aprender uns com os outros.

Maria do Carmo M.B. Torres

Psicóloga – (11) 99797-1721

 

 

Um comentário em “CATEURA”

  1. Que bela notícia Du! Pena que não poderei estar presente no dia da exibição do filme! De qualquer forma, bons momentos para você! Abração, ZéLuis

    Meu celular está com problemas.

    ________________________________

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s