Fio de Ariadne

ASSALTO A BANCO!

Quem me conhece sabe bem que sou a “Rainha dos Sonhos”. Tudo aquilo que ouço, vejo, assisto ao longo do dia, trato de transformar em sonho ao longo da noite.

E esta noite não foi diferente, sonhei ter participado de uma grandioso e milionário assalto a banco em plena Nova York. Os sonhos nos permitem grandiloquências mesmo…

Como num roteiro de filme hollywoodiano, o assalto foi espetacular, com fuga extraordinária, e eu, até então não sabia do que se tratava,não fazia parte do assalto. Passei a ser cúmplice quando no corre-corre da fuga alguém gritou para entrar imediatamente no carro, e como os assaltantes estavam fortemente armados, achei que falavam/gritavam comigo, entrei apavorada num dos carros de fuga, eram 3 ou 4 ao todo. O bando de assaltantes não sei o número. Só sei que os carros quase voavam pelas ruas, havia perseguição policial, claro, e eu lá sem saber o que rolava…

Enfim, num determinado momento os carros se separaram, e aquele que eu estava foi levado para uma espécie de parque muito grande, descemos todos, e os assaltantes falavam rapidamente, e o mais engraçado, eu os entendia e eles a mim. Sonho tudo pode, não é mesmo?

Bom, o sonho continua por aí, e eu já fazendo parte do bando, com muita fuga, aluguel de casa para despistar a polícia, dinheiro escondido por toda a roupa, e quando começamos e contar as notas, elas eram transformadas em pequenos papeis vermelhos, com carimbos e assinaturas. Meu primo chegou, sim Paulo Cesar de Barros chegou e me explicou que aqueles papeis valiam sim, era preciso trocá-los em casa de câmbio… Ah, descobrimos também que no meio destes papeis haviam chip de escutas, que tratamos de nos livrar rapidamente. Tudo muito sofisticado….

Enfim, uma confusão danada, muita adrenalina na fuga, na perseguição, no “passeio de charrete limusine” já viram alguma? No meu sonho era possível, esta charrete também era toda vermelha… E enfim, o sonho rolou solto, a ponto de acordar rindo de tanta correria.

Durante a caminhada matinal de hoje, contei o sonho pro meu marido, e em meio de risadas, começamos a analisá-lo: Ontem, no retorno do trabalho ouvia a VOZ DO BRASIL, sim, eu dou audiência para a Voz do Brasil, e lá pelas tantas, algum Senador da República resolveu criticar a postura do (Des) Governo em relação ao perdão de dívidas das grandes Corporações e Bancos, e ele falava mais especificamente do Banco Itaú, que foi perdoado numa dívida milionária, mas este mesmo banco não perdoa a dívida de ninguém, pensava eu enquanto ouvia.

Pensei também, daí me desligo da notícia para conversar com meus botões, que talvez estas grandes corporações e  bancos tenham pressionado o governo alegando que se não houvesse o perdão da dívida todos quebrariam. Nossa, o meu lado Poliana otimista falando mais alto e  pensei, deve ser isto mesmo, seria um quebra-quebra danado no mercado. Mais gente desempregada inclusive os funcionários destes estabelecimentos. Foi bom ter acontecido o perdão.

Mas, sempre o mas… se estas empresas todas estivessem tão apertadas, não teriam o lucro que nos apresentam, não é mesmo, Banco Itaú????

Daí pensei mais fundo: Vivemos num mundo, pelo menos o mundo tupiniquim é assim, onde vemos pessoas, empresas grandes e pequenas, todos querendo levar vantagem, passando a perna no outro e defendendo o próprio umbigo. Penso mais ainda: Os bancos não perdoam dívida de ninguém, né? Alguém já viu charrete limusine ou perdão de banco? ah ah ah…

E vou mais fundo: Será que vale mesmo a pena ser honesto, trabalhador, cumpridor dos seus compromissos, trabalhar longe, salário indigno, pegar dois ou três transportes públicos em sua maioria sucateados. O pensamento chegou por aí, porque cheguei em casa. Ainda bem!

Mas o inconsciente continuou processando e cheguei no assalto a Banco em Nova York porque claro, tem que ser em grande estilo!

 

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s