Fio de Ariadne

ESTRESSE

Estresse – (do inglês stress) Conjunto de reações do organismo a agressões de ordem física, psiquíca, infecciosa, e outras, capazes de perturbar-lhe a homeostase.( Dicionário Aurélio). “

 Homeostase são processos bioquímicos para a manutenção do equilíbrio do organismo.

 “A palavra stress tem origem no latim e conforme o Oxford English Dictionary, foi empregada popularmente a partir do século XVII com o significado de “fadiga”, “cansaço”, alguma coisa “apertada” ou “penosa”. Este conceito foi inicialmente muito utilizado na área da Física para explicar a relação entre força e reação dos corpos, e o grau de deformidade sofrido por um material quando submetido a um esforço ou tensão.

 O médico Hans Selye transpôs este termo para a medicina e a biologia, para significar o esforço de adaptação do organismo para enfrentar situações que considere ameaçadoras a sua vida e ao seu equilíbrio interno.”

 

Pois bem, com as explicações e definições acima, abordaremos o estresse do ponto de vista psicológico: Estresse é a reação do organismo a qualquer estímulo que perturba o seu equilíbrio. Há uma sensação de aperto, sufoco, um estado interno em ebulição, o que gera a reação de explosão.

O estresse não é uma invenção da modernidade, desde os primórdios dos tempos, o homem apresenta respostas de LUTA ou FUGA às mais diversas situações.

A capacidade de tolerar a fonte de estresse varia de pessoa para pessoa. Algo pode ser muito significativo para um e para outro não representar absolutamente nada.

Estresse não é algo somente ruim, desde que o mesmo seja visto e entendido como resposta de luta ou fuga. Só é considerado ruim quando causa sofrimento ou prejuízo para a pessoa e em terceiros.

O que provoca o estresse é qualquer situação que o indivíduo entende como “ameaçadora” e a partir daí apresenta reações que quebram o seu equilíbrio físico, espiritual, emocional, afetivo…

O estresse pode levar a uma depressão, crises de ansiedade, pânico…

O ideal é que se aprenda a lidar com o estresse, como por exemplo:

Exercícios físicos são boas válvulas de escape;

Meditação;

Aprender a gerenciar tempo e espaço;

Alimentação saudável;

Praticar atividades lúdicas (cantar, dançar), passatempos ( ouvir música, caminhadas, hobby, jardinagem…)

O autoconhecimento é uma forma muito eficaz no conhecimento e reconhecimento das fontes estressoras,  onde aprende-se o estabelecimento e respeito dos próprios limites.

 

 

 

 

 

 

 

Um comentário em “ESTRESSE”

  1. Relendo o texto, me lembrei do filme Cine Negro que aborda uma questão bem interessante: A pressão profissional e o estresse fazem a jovem bailarina desencadear surtos de esquizofrenia, levando-a à morte.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s