Fio de Ariadne

ALEGRIA CARNAVALESCA

2013…

E chega mais um Carnaval, os preparativos, ensaios e detalhes intensificados.

Muita animação e expectativa para mais uma rodada de folia.

Ok, somos todos brasileiros e entendemos bem o que significa a festa de MOMO.

Momento de cantar, dançar, brincar e soltura, ilusoriamente, de todas as amarras que nos perseguem o ano todo. 

E  vendo um vídeo de gravação de música carnavalesca, ouço as batidas fortes e certeiras dos instrumentos. Realmente mexem com meu sangue brasileiro. Me encanto!

Daí, começo a prestar a atenção à letra:

Assustadora.

A letra diz mais ou menos assim “devemos beber sem moderação, até cair sei lá onde e de que forma”.

Longe de moralismos ou coisa assim, mas venhamos, o que realmente buscamos? O que pretendemos para nossa juventude? 

Será que queremos uma população anestesiada pelo álcool ou coisa que o valha?

Não sei você, mas eu pretendo e desejo e luto por muito mais para minhas filhas e suas vidas.

Serei eu a percorrer a vida na contramão? 

Mas penso: Se só com as batidas ouvidas sou capaz de me remexer na cadeira ou nas cadeiras, por que então precisamos de substâncias outras para nos animar?

A pergunta que fica é: Cadê o sangue brasileiro nos brasileiros?

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s