Fio de Ariadne

REECONTROS

A vida é construída de encontros e desencontros.

Situações que geram esperas cantadas em verso e prosa. Músicas são compostas dentro deste viés. Choros de alegria e de tristeza.

Marcas pessoais são registradas e cravadas a cada encontro.

Saudade ou alívio a cada desencontro.

Já o reencontro… Que coisa!

Que grandiosidade quando buscamos o reencontro com alguém que deixamos e nos deixou marcas positivas.

Hoje é um dia singular para mim.

Experimentei a sensação do reencontro, e percebi as incontáveis marcas deixadas.

O tempo pode ser implacável com o físico, mas as marcas deixadas na alma são profundas e intocáveis quando sinceras.

Melhor exemplo disso é a amizade.

Não há distância geográfica, não há tempo passado que dê cabo das marcas de uma amizade.

E o reencontro acontece de forma tão natural, sem rodeios. Merece comemoração e bebemoração, nada como uma xícara de café com uma fatia de bolo, ou um copo de cerveja com espetinho brindando a alegria e descontração da amizade.

 Despreza-se o tempo, parece que foi ontem o último encontro. As histórias vividas são contadas e apreciadas, o papo é posto em dia e só isso basta.

Novas marcas são cravadas com a esperança de novos reencontros.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s