Fio de Ariadne

DINHEIRO É ENERGIA

“Numa pequena vila e estância na costa sul da França chove, e nada de especial acontece.
A crise, sente-se no ar
Todos devem a todos, carregados de dívidas e sem esperanças.
Subitamente, um rico turista russo chega ao pequeno hotel local. Pede um quarto e põe uma nota de €100 sobre o balcão e sobe ao 3º andar para inspecionar o quarto que lhe indicaram, na condição de desistir se lhe não agradar.

O dono do hotel pega a nota de €100 e corre ao açougueiro a quem deve €100, o açougueiro pega o dinheiro e corre ao fornecedor de carne a pagar €100 que devia há algum tempo, este por sua vez corre ao criador de gado que lhe vendera a carne e este por sua vez corre a entregar os €100 a uma prostituta que lhe cedera serviços a crédito. Esta recebe os €100 e corre ao hotel a quem devia €100 pela utilização casual de quartos para atender clientes.

Neste momento o russo rico desce à recepção e informa ao dono do hotel que o quarto proposto não lhe agrada, pretende desistir e pede a devolução dos €100.   Recebe o dinheiro e sai.
Não houve neste movimento de dinheiro qualquer lucro ou valor acrescido.

Contudo, todos liquidaram as suas dívidas e estas pessoas da pequena vila encaram agora com otimismo o futuro.

Dá o que pensar não dá???
O mais interessante da historia não está contada.

O russo, mais tarde pega a nota de €100 e diz:
“Já estou cansado de andar com esta nota falsa”:  rasga-a e joga-a fora. “

(Autor Desconhecido)

Esta é mais uma parábola que recebo pela internet e me faz pensar alguns pontos:

  • O que nos é mais importante: O dinheiro ou a falta dele?
  • O que nos mobiliza: O dinheiro ou a falta dele?
  • Que representação construímos do dinheiro ou da falta dele?
  • Como nos comportamos diante do dinheiro ou na falta dele?

E por aí, questionamos e buscamos respostas.

Nem sempre as respostas são fáceis. A verdade é que dinheiro nos possibilita uma série de coisas que pode nos levar para o bem ou para o mal.

Ele nos dá poder, nos proporcionando liberdade de ação. E lidar com poder e liberdade pode ser tanto perigoso como a solução para muitas situações.

O inquestionável é o quanto o dinheiro nos é necessário. Sem ele não realizamos coisas, não comemos, não moramos, não preservamos a saúde tampouco curamos nossos males. Ele é mesmo necessário. Mas, deve ficar no seu devido lugar. O de nos servir, e nunca o de ser servido por nós. Ele é o escravo, mas, se alguém por ele se escravizar, além da liberdade e do poder perde a própria condição humana.

Eis aí a magia do dinheiro.

O dinheiro é uma invenção do homem, mas é abençoado por Deus por ser a representação da energia que movimenta as ações humanas, e é através dele que há a circulação, há a troca, há a relação humana, enfim, é por ele que há a esperança na transformação de um mundo melhor.

Um comentário em “DINHEIRO É ENERGIA”

  1. A importância dada nao ao dinheiro, mas às coisas materiais em geral é o que devemos rever! Grana é bom, mas ganância é ruim… è o desafio que temos que passar… comermos o melado sem nos lambrecar…
    Bjo e sorte…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s